Lava Jato: PF cumpre 15 mandados de prisão na Bahia em quatro cidades

Polícia-Federal.jpg

Entre os mandados executados, estão o ex-secretário de Desenvolvimento Urbano no governo de Jaques Wagner (PT) e ex-diretor da OAS na Bahia Manuel Ribeiro, o ex-presidente da OAS Elmar Varjão e o empresário Mario Cesar (veja aqui). O marqueteiro petista Valdemir Garreta foi preso temporariamente.  Foram 68 milhões de reais em propina.

“É estarrecedor ver um golpe dessa magnitude aplicado não apenas contra a tão vilipendiada Petrobras, mas também contra todos aqueles que confiaram destinar suas economias de uma vida ao fundo de pensão, buscando, destacadamente, amparo na velhice por meio das aposentadorias. Atos de gestão fraudulenta como os revelados no caso da Petros são afrontosos à higidez do sistema de previdência complementar e comprometem gravemente a confiabilidade de seus investimentos”, afirma Isabel Groba Vieira, procuradora regional da República e integrante da força-tarefa Lava Jato no Paraná.

 

Fonte:carlinosouza

Deixar uma resposta