POSSE DE BOLSONARO TERÁ AMIGOS DE PESCARIA, CUNHADOS E PASTOR QUE FOI PRESO, MENOS O Donald Trump

A ausência mais lembrada da lista de convidados para a posse de Jair Bolsonaro é a de Fabrício Queiroz; o ex-assessor de Flávio Bolsonaro pilhado pelo Coaf com movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão, amigo de Jair há 34 anos, não faz parte do rol de 140 nomes da cerimônia de 1º de janeiro

Kiko Nogueira (DCM) – A ausência mais lembrada da lista de convidados para a posse de Jair Bolsonaro é a de Fabrício Queiroz. O ex-assessor de Flávio Bolsonaro pilhado pelo Coaf com movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão, amigo de Jair há 34 anos, não faz parte do rol de 140 nomes da cerimônia de 1º de janeiro.

Entre os esperados em Brasília estão antigos parceiros de pescaria e líderes religiosos, mas não o PM. A família comparecerá em peso. A mãe, Olinda, de 89 anos, Renato, único irmão do presidente eleito, filhos, noras, cunhados, netos e sobrinhos. Renato Bolsonaro, aliás, foi exonerado em 2016 da função de assessor especial parlamentar na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Deixar uma resposta