Presidente da AL-BA por cinco vezes, Marcelo Nilo diz estar fora de articulação

2lxeo9y1bi2hbhmrzxt3b14rk.jpg

residente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) por cinco mandatos, o deputado estadual Marcelo Nilo (PSD), diz estar fora do processo de articulação para a presidência da Casa para o biênio de 2019-2020, mesmo tendo um candidato do seu partido na disputa. A base governista conta com quatro candidatos: Nelson Leal (PP), Adolfo Menezes (PSD), Alex Lima (PSB) e Rosemberg Pinto (PT).

“Não estou acompanhando, nem estou querendo saber. Meu problema agora a partir de 1º de fevereiro é a Câmara dos Deputados. Só fico torcendo para que o meu partido se saia bem, mas não estou me metendo, não estou participando e nem articulando porque não voto. Assembleia a partir de fevereiro é fruto do meu passado”, enfatizou Nilo, que se elegeu deputado federal.

Ele explicou apenas ter participado da reunião com o governador Rui Costa e os 63 deputados da base. “Participei da reunião com o governador, onde ele disse que o candidato precisa sair da base e posteriormente irá procurar a oposição. Então creio, que o deputado mais bem avaliado, que reunir melhores condições será o candidato”, limitou-se.

Questionado sobre a queda-de-braço entre o PP e o PSD pelo maior cargo da AL-BA, Nilo mais uma vez foi sucinto. “Eles são muito grandes e eu sou pequeno para estar opinando”.

 

Fonte: bocaonews

Deixar uma resposta